quarta-feira, 29 de julho de 2015

A doçura do verbo sonhar

 Tão bonito, seguro e alegre é o coração de uma criança. A pureza, a ternura que ali habitam. Crianças são a doçura da vida, e elas possuem a doçura de saber amar.
 Nunca ouvi uma criança ferir o coração de alguém com palavras malditas ou fazer pessoas chorarem propositalmente. Nunca vi uma criança passar sequer um único dia sem sorrir
 Como disse um dia Caio F. Abreu "Eu quero a doçura do verbo amar'' , pois hoje eu lhes digo "Eu quero a doçura do verbo sonhar, mas não sonhar com o futuro, mas sonhar como os pequenos. Quero aprender a sonhar com aquilo que um dia eu já fui, quero aprender a sonhar com aquilo que eu dia eu terei"

Nenhum comentário:

Postar um comentário