sábado, 29 de agosto de 2015

Dimensões do amor

 Talvez em uma outra dimensão, ainda estamos na porta da minha casa abraçados, rindo e falando coisas banais. E quem me dera poder ser mais rápida que a velocidade da luz para poder voltar no tempo e concertar os erros. Aqueles erros que me fizeram afastar de você, afastar aqueles pensamentos que me fizeram desistir de nós dois.
 Mas não posso, e mesmo se pudesse a comodidade da minha vida atual faria que eu desistisse na metade do caminho.
 E quem sabe, em uma dimensão futura, nós estamos novamente na porta da minha casa!
 Basta sonhar, acreditar, vai que...

PS: Eu estava pensando em parar com o blog devido a falta de inspiração, mas eu resolvi olhar ao meu redor, e a bad voltou, e votei a escrever junto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário